O Sindicato dos Advogados do Estado do Rio de Janeiro (SAERJ) reivindica à Presidência do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRTRJ) a imediata aplicação do ato conjunto do TRTRJ que instituiu o “plano de gestão da crise COVID19”, visando estabelecer as regras para “o retorno seguro e gradual das atividades presenciais em todas as unidades administrativas e judiciárias, do 1º e 2º graus”, conforme o ato conjunto 05/2021 afirma.

Com isso, reivindicamos o imediato cumprimento da decisão da presidenta do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministra Maria Cristina Irigoyen Peduzzi, que, no dia 23/09, determinou o cumprimento do plano de reabertura do Tribunal do Rio.

Com a decisão da presidenta do TST, foi suspensa a anterior decisão do Órgão Especial do TRT/RJ em favor da Associação dos Magistrados Trabalhistas da 1ª Região (Amatra 1), contra a retomada das atividades presenciais.

Dessa forma, não vemos motivo para que o plano de retorno não seja imediatamente implementado, com toda a segurança que a situação exige, seguindo os protocolos sanitários já conhecidos pela sociedade.

Temos certeza que a Presidência do TRTRJ assumirá a responsabilidade que lhe cabe nesse momento fundamental para a Justiça do Trabalho do Rio de Janeiro.

Claudio Goulart – presidente do SAERJ