O Sindicato dos Advogados do Estado do Rio de Janeiro (SAERJ) se solidariza com a advogada Vanessa Lima, que, no exercício da profissão, foi agredida e detida por membros da polícia militar.

Após um episódio entre trabalhadores de aplicativos e policiais, Vanessa se preparava para acompanhar seus clientes até a delegacia quando foi injustamente agredida e ilegalmente detida. Repudiamos o episódio e nos colocamos à disposição da colega para os encaminhamentos devidos. As prerrogativas da advocacia são a garantia do direito de defesa e não podem ser ignoradas.

Cláudio Goulart – Presidente do SAERJ

Adilza Nunes – Vice-presidente do SAERJ