O Sindicato dos Advogados do Estado RJ (SAERJ) presta total apoio ao pronunciamento do excelentíssimo presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luiz Fux, em que anunciou o cancelamento da reunião entre os Poderes que havia sido marcada durante o recesso. O anúncio, feito ao final da sessão do STF dessa quinta-feira (5), é um protesto e reação aos reiterados ataques proferidos pelo presidente da República aos ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso.

No entendimento de nossa entidade, os discursos e provocações feitos pelo presidente da República aos representantes de outros poderes, bem como a permanente bravata golpista, têm causado grande mal ao País, ainda mais neste momento em que toda a sociedade deveria estar unida em torno de um plano centralizado e devidamente abalizado pelas autoridades sanitárias para o combate à pandemia do coronavírus, que já matou, em pouco mais de um ano, quase 600 mil brasileiros e brasileiras.

Infelizmente, as ações do governo federal, ao invés de agregar a nação, busca o confronto e a desagregação.

Dessa forma, o SAERJ reafirma o entendimento de que fora da Constituição, fora do cumprimento das leis, não há futuro para país nenhum – muito menos para o nosso.

Reafirmamos, também, que ninguém está acima das leis.

Claudio Goulart – presidente do Sindicato dos Advogados do Estado do Rio de Janeiro (SAERJ)