Do site da OAB/RJ: Em sessão pública realizada nesta terça-feira, dia 14, no plenário da Seccional, os advogados Carlos Antônio Silveira Pires, José Antônio Dadalto, Heckel Garcez Rodrigues Ribeiro, Anderson Correa da Silva e Paulo Henrique Machado foram desagravados por terem sofrido ofensas no exercício da profissão.
As prerrogativas profissionais de Carlos e José Antônio foram violadas pela juíza da 1ª Vara Cível da Capital, Adriana Therezinha Carvalho; as de Heckel, pelo major-brigadeiro José Ferreira Dias; as de Anderson Correa da Silva, pelo juiz da Vara única de Miguel Pereira, Luis Claudio Rocha Rodrigues e as de Paulo Henrique Machado por ato da juíza da 3ª Vara do Trabalho de Niterói, Márcia Cristina Teixeira Cardoso.

A sessão foi presidida pelo secretário-geral da OAB/RJ, Wanderley Rebello, e teve como orador o conselheiro Renato Tonini.